SICC 2015 – Lojistas vão às compras e demonstram reação à crise com crescimento de mais de 10% em vendas

SICC 2015 Gramado Serra Park 103

Segunda-feira (25.05.15), primeiro dia de feira foi marcado por corredores lotados, com expectativa de retomada de negócios

Um clima de retomada de negócios e satisfação dos lojistas marca o primeiro dia do SICC 2015 – Salão Internacional do Couro e do Calçado, que acontece em Gramado, até a quarta-feira, 27. Lojistas lotam os corredores do Serra Park e fecham negócios, na esteira de um crescimento de vendas já registrado nos primeiros meses do ano. “Estamos vendo o varejo animado e disposto a comprar, como verificamos desde as primeiras horas do dia. Há lojistas investindo, sem dúvidas, porque já tiveram uma boa resposta no segundo trimestre, e agora estão ainda mais animados para a Primavera-Verão”, destaca o Diretor da Merkator, promotora do SICC, Frederico Pletsch.

Para Jonas Schneider, sócio da Cia do Vestuário (com lojas em Blumenau e Massaranduba/SC), a expectativa é de ótimas vendas para o segundo semestre. “Melhor até que em outros anos”, destaca. “O mercado fica muito melhor depois de uma retraída, tirando todos da inércia”, avalia, referindo-se ao que chamou de “uma contaminação negativa” que permeou os primeiros meses do ano. “Para nós, três dos cinco dos primeiros meses de 2015 marcaram elevação do faturamento, entre 8 e 13%.” Schneider faz compras para entregas em agosto, mesclando suas marcas de fidelidade e pesquisando outros fornecedores.

Também determinada a realizar compras para entregas em agosto e setembro está Laurita Dias da Silva, da Rastro da Moda (três lojas, em Mauriti e Barro/CE e em Conceição/PB). “Viemos para conferir as tendências, mas sempre acabamos comprando, pois são muitas as oportunidades, valorizadas pela reunião dos fornecedores num mesmo local, o que facilita bastante a negociação”, avalia. Sobre o mercado, acredita que as vendas crescerão no segundo semestre deste ano, sobre igual período do ano passado. “E nestes primeiros meses, em que tínhamos expectativas modestas, até por causa da seca reincidente em nossa região, os negócios ficaram acima do esperado.”

O gaúcho Breno Knabach, há 23 anos proprietário da mais antiga loja de calçados de Pelotas (RS), a centenária Sedutora, já havia realizado compras nas primeiras horas da feira. “Acredito que fecharemos maio com aumento de vendas, pois estamos mantendo a média acima do desempenho do ano passado”, aponta. Proprietário também da Evidência, na mesma cidade, ele realiza compras para entregas a partir de agosto e aposta em retomada de negócios no segundo semestre. “A pior fase do impacto negativo da política e economia no mercado já passou. E o SICC nos possibilita uma importante perspectiva sobre a temporada de verão”, considera.

O diretor de compras da Anita Shoes (17 lojas no MS e três no MT), Luciano Toazza, revela que suas compras na feira abastecem 30% do volume de vendas de dois meses de suas lojas. “As vendas estão estáveis e devem se manter assim nos próximos seis meses.”

CRESCIMENTO NO DIA DAS MÃES – A expectativa de bons negócios veio embalada por um Dia das Mães com 10,1% de crescimento em 2014, de acordo com levantamento da SetaDigital empresa do Paraná especializada em sistemas para redes de lojas de calçados. O número é extraído de uma base de 200 pontos de venda de todo o Brasil, entre as mais de 1.000 lojas que são clientes da Seta.